Pai, sou somente sua filha!

Em 14/08/2017 , Comments

Explicando

Dentro das relações entre pais e filhos, quero dirigir meu foco ao relacionamento entre pai e filha, pois tive a grata oportunidade de estudar mais a fundo o pai em uma das minhas atualizações em Constelação Familiar, realizada na Hellinger Schul. E, além do mais, meu público é majoritariamente feminino e ontem, dia 13 de agosto, foi o Dia dos Pais.

 

O estudo

Nesse estudo, veio à luz que a mulher, a filha, tem uma conexão inconscientemente profunda com o pai e, frequentemente, ela tenta ser a mãe do pai, a esposa do pai, a dona do pai, mesmo que, às vezes, não queira estar próxima ao pai, mas ainda fazendo algumas coisas pelo pai.

Observe, você que é filha, como é a relação com o seu pai. Isso é importante, pois através desta relação está uma das grandes forças para a libertação feminina. Quando a mulher se harmoniza com o seu masculino, o pai, a energia feminina é mais forte e a mulher tem mais confiança na sua feminilidade. Há uma confiança maior no homem, no masculino, no pai. Há um fluxo maior e mais forte de amor através dessas almas.

 

A cuidadora do pai

Se você algum dia acreditou que precisava cuidar do seu pai, porque a mãe não estava por perto e você tomou o papel de esposa, saiba que isso é muito pesado. Os papéis, os lugares de cada um na família, não estão sendo respeitados, segundo a lei sistêmica do Pertencimento e da Hierarquia da Constelação Familiar.

Olhe para seu pai e para sua mãe, entendendo que eles são o seu pai e a sua mãe; sua mãe é a esposa do seu pai e você é apenas a filha deles, que respeita a relação dos dois como ela é.

Mas se você precisa muito ser a “proprietária” do pai, para que ele dê certo na vida, notará que isso nunca funcionou e não irá funcionar!

 

Entendendo a dinâmica

Compreenda que seu pai chegou antes e tem mais experiência do que você: lei da Hierarquia. Seu pai faz as coisas dele e você as suas. Do seu lugar, você o respeita: lei do Pertencimento. O amor entre vocês não muda e nem mudará! Assim, vocês seguem felizes e inteiros, cada um no seu devido lugar, com o coração mais tranquilo e mais forte.

 

Um exercício

Se a relação com o seu pai está estremecida, faça o seguinte exercício de alinhamento entre pai e filha:

“Olhe para ele, onde quer que ele esteja, do jeito que for possível, e diga: “pai, eu o incluo no meu coração como você é. Eu sou sua filha e sou mulher. Você é homem. Eu o respeito e o amo como filha, pois com você eu aprendo a lidar com os outros homens. Pai, você é importante para mim, porque sem você e a mãe eu não teria ganho a vida, eu não existiria. Muito obrigada, pois a vida falou através de você e eu sigo mais inteira e aprendendo a amar cada vez mais você. Talvez eu precise mais tempo para algumas questões, que iremos resolvendo ao longo do caminho. Pai, meu lugar é o de sua filha e, do seu lugar, você é forte e eu o honro e respeito. Seguimos livres e conectados por um grande amor. Muito obrigada. ”

 

Como se sente?

Verifique o que você sente, sem racionalizar. Sinta apenas com sua alma e com amor no seu coração. Apenas sinta...