Herança: bens somados à toda a história!

Em 21/08/2017 , Comments

Relembrando e perguntando

Em um outro texto (http://www.nelsontheston.com.br/herancas-e-mesadas-um-peso) eu falei sobre como fica a lei do Dar e do Receber quando recebemos uma herança ou uma ajuda financeira. Hoje, quero discorrer sobre o herdeiro, a pessoa que recebeu esse presente.

Então, faça a seguinte pergunta: você é herdeiro natural de algo ou já herdou e está usufruindo da herança?

 

Explicação

Dentro do ponto de vista sistêmico, baseado no que tenho visto na aplicação do método da Constelação Familiar e dentro de todo o esclarecimento que Bert Hellinger nos trouxe sobre este assunto, o herdeiro, quando efetivamente tem sua herança, de alguma maneira, recebe junto todo o histórico, tudo o que aconteceu antes do recebimento deste benefício. 

Um exemplo prático: em uma constelação, uma família estava com grande dificuldade de crescer e de prosperar. Tinham todos as prerrogativas para fazer bons negócios, mas as coisas nunca iam bem ou davam certo. Então, dentro do método, percebeu-se que todas essas dificuldades estavam relacionadas à herança que a família recebeu. Parte desta já havia se ido, para a construção do negócio da família, e a outra ainda estava intacta. 

Percebeu-se dois desequilíbrios importantes nesse caso: 

1º. na partilha, uns ganharam mais do que outros, fazendo com os que receberam menos continuassem perdendo ao longo da vida e acarretando, aos que ganharam, mais perda ou transferindo essa perda às gerações futuras. Um desequilíbrio na lei sistêmica do Dar e do Receber.

2º. os que deixaram a herança, pouco ou nunca foram honrados na medida em que precisariam ser. Uma quebra na lei da Hierarquia.

 

Um pouco mais além

Então, com este exemplo, quero afirmar que devemos observar quantas coisas ocultas ocorrem e trafegam no sistema familiar e não nos damos conta. E, ainda, em relação ao exemplo, parece que a herança é uma dádiva tão boa e maravilhosa, e ela pode ser, mas,se as coisas não forem bem conduzidas e bem harmonizadas, pode se tornar em um grande e pesado problema.

 

Logo: se você está por receber ou já recebeu uma herança e não deseja que ela se torne um fardo, eu sugiro que você busque um bom profissional em Constelação Familiar, para se preparar bem e preparar as futuras gerações que vão, também, usufruir deste benefício.  

Não há absolutamente nada de mágico ou de especial. Estou falando de algo que é totalmente sistêmico: todo o esforço, todo o trabalho de anos, que alguém despendeu para construir um patrimônio, deve ser respeitado quando recebemos este presente. Pois alguém sofreu antes para nos legar a herança e nós nada fizemos por esta benesse.

 

Finalizando 

Então, se o presente chegou até nós, temos que sempre lembrar que foi uma construção de muitos anos de trabalho e de honrar essas pessoas que nos proporcionaram a herança. 

Isto acalma o nosso coração e nos faz mais inteiros para prosperar!

Pense nisso.